Receba dicas grátis!

Conheça 5 tipos de lapiseira

Antes de abordar os diferentes tipos de lapiseira existentes no mercado, vamos frisar aqui a importância de escolher o modelo ideal para cada tipo de aplicação. Por exemplo, lapiseiras com grafite de diâmetro menor do que 0,7mm não são recomendadas para crianças em idade escolar. Mas essa mesma lapiseira é um instrumento de trabalho muito utilizado por arquitetos e projetistas.

Tudo depende de uma única informação: quem vai usar. É sobre isso que vamos falar neste artigo. Acompanhe!

Saiba quando surgiu a lapiseira

Você sabe quanto tempo demorou para a lapiseira ganhar a forma que conhecemos hoje? Segundo a história, a primeira patente do famoso lápis recarregável foi registrada na Inglaterra, no ano de 1822. Mas somente 160 patentes depois é que a coisa começou a ganhar forma. Em 1877 foi adicionado ao dispositivo uma mola que, ao ser pressionada, empurrava o grafite para fora, facilitando o seu uso. Já as diferentes milimetragens de grafite surgiram alguns anos mais tarde, começando em 1938 pelo 0.9mm.

Veja os 5 principais tipos de lapiseira

As lapiseiras são utilizadas por um público bastante plural, composto por profissionais que dependem do produto para manter a qualidade do seu trabalho, estudantes cursando a faculdade e até crianças cursando o ensino fundamental e médio.

É por isso que também existem diferentes tipos de lapiseira disponíveis no mercado, dos mais diversos materiais, formatos e diâmetros. Veja alguns a seguir:

  1. 0.03mm: Ideal para o desenho de linhas e pequenos detalhes.
  2. 0,05mm: uma das mais utilizadas. Serve para desenhos maiores e para a escrita.
  3. 0,07mm: utilizadas somente para a escrita, é vista em escritórios e na mão de estudantes de todas as idades.
  4. 0,09mm: ideal para trabalhos menos precisos.
  5. 3B até 9B: usada principalmente para trabalhos de grandes formatos.

Conheça as lapiseiras Pentel

A Pentel, uma conhecida marca japonesa fundada em 1946, possui lapiseiras amplamente utilizadas por engenheiros, arquitetos, desenhistas, artistas gráficos e também por aqueles que trabalham com a escrita de modo geral. Para esses profissionais, a lapiseira cumpre a função de instrumento de trabalho. Portanto, características como precisão, conforto e durabilidade influenciam diretamente na sua escolha.

Produzidas a partir de tecnologias japonesas há mais de 70 anos, as lapiseiras da Pentel atendem a todas as necessidades desse público. Algumas das principais características dessas lapiseiras são: mecanismo preciso para o avanço da grafite, que evita sua quebra e retrocesso, clip removível e grip de serrilha metálica que proporciona maior conforto ao segurar. É ideal para quem trabalha durante muitas horas segurando o objeto.

Saiba como escolher uma lapiseira

Antes de comprar, é preciso pensar quais as necessidades que você precisa atender. Uma criança que está cursando o ensino fundamental ou médio precisa de qualidade e conforto para escrever, para ela a precisão não é um grande diferencial.

Também é interessante apostar em lapiseiras com diâmetro a partir do 0,07mm, isso porque os de menor diâmetro como 0,05mm e 0,03mm podem quebrar facilmente quando usados para fins contrários ao do desenho técnico.

Agora que você já conhece a história da lapiseira e quais tipos de lapiseira são melhores para cada pessoa você pode escolher a sua com mais precisão. Conheça os modelos que temos disponíveis em nossa loja!

Adicionar comentário