Receba dicas grátis!

Quadro branco X quadro-negro: qual comprar?

Ter um quadro para avisos e anotações contribui para organizar as atividades com toda praticidade. Isso é especialmente útil, tanto no lar como no ambiente de trabalho, pois facilita lembrar dos compromissos e manter as tarefas em dia. Mas, na hora de resolver entre quadro branco ou negro, você sabe qual levar para sua casa ou escritório?

Descubra, daqui para a frente, pontos que vão ajudar nessa escolha!

Quadro-negro: tradicional e multiuso

Fabricado em madeira e escrito com giz branco ou colorido, o quadro-negro, assim como o verde, marca presença em muitas escolas, servindo como recurso didático.

Sua presença é notável também em restaurantes e comércios, que utilizam a superfície para anunciar cardápios, promoções e outras informações. Nas residências, serve como elemento decorativo e para fazer as mais diversas anotações, desde marcar afazeres até escrever mensagens motivadoras.

Um pequeno problema dessa modalidade de quadro é o pó do giz, que tem componentes capazes de provocar sensibilidade em quem sofre de alergias respiratórias. Suspenso no ar e espalhado pelo ambiente, cria uma camada de poeira nos móveis, objetos e até nas roupas de quem está por perto.

Quadro branco: moderno e funcional

O quadro branco é uma evolução do negro, apresenta uma superfície lisa e pouco brilhante, bastante fácil de escrever. Nele, a escrita é feita com canetas apagáveis, o que torna seu uso bem prático.

Por suas qualidades, o quadro branco está em grande parte das empresas e lares. Com molduras coloridas, vai além da utilidade, permitindo compor ambientes descontraídos e alegres. Entre suas vantagens conta não produzir poeira de giz, além de funcionar como tela de retroprojeção.

A esses benefícios se soma grande facilidade de limpeza, melhor definição da escrita e possibilidade de usar diferentes cores de caneta — o que permite destacar detalhes e itens nos textos e nas imagens.

Qual dos dois quadros comprar?

Como você pôde ver nos tópicos anteriores, ambos os quadros têm vantagens a oferecer, cada qual com suas próprias especificidades. Se você não se incomoda com poeira de giz, precisa de um espaço para anotações e, de quebra, fazer uma decoração cheia de estilo, o quadro-negro reúne elementos que o tornam uma boa escolha.

Já se prefere um material mais fácil de limpar, que não espalha resíduos e pode ser usado em conjunto com projetor, sua melhor decisão é o quadro branco.

Quadro branco ou negro, independentemente de qual deles você decidir levar para sua casa ou escritório, é fundamental deixá-lo em um lugar bem visível. Desse modo os avisos, as datas e mensagens ali anotados vão receber o devido destaque. Com isso, fica reduzido o risco de deixar passar ocasiões e tarefas importantes, e a agenda de compromissos se mantém em dia!

Visite o site da Costa Atacado e confira as diversas ofertas que preparamos para você!

Adicionar comentário