Receba dicas grátis!

4 dicas para incentivar seu filho a estudar em casa

Estudar em casa nem sempre é uma atividade fácil para crianças e adolescentes. No entanto, essa é uma rotina que precisa ser estimulada, mesmo em períodos de férias ou recessos escolares.

Além de facilitar o aprendizado, esse hábito proporciona mais concentração e uma melhor absorção do conteúdo pelos estudantes. E os ganhos poderão ser constatados mais tarde, com o desempenho em provas e outras tarefas avaliativas.

Mas como incentivar essa prática no dia a dia? Isso pode ser mais simples do que você imagina. Dê uma olhada nessas dicas e veja como começar a estimular seu filho nos estudos.

1. Elimine as possíveis distrações

Ao estudar em casa, é normal que seu filho se distraia com outras coisas. A televisão, o smartphone, o próprio telefone fixo e os videogames são apenas alguns exemplos que podem tirar a atenção e trazer a procrastinação à tona. 

O computador, por outro lado, pode ser usado nesse momento, desde que com objetivos concretos. Por isso, vale a pena estipular horários para uso e até mesmo recompensas para depois do horário de estudo, para que a missão seja cumprida com sucesso.

2. Crie uma agenda para seu filho estudar em casa

É muito importante organizar uma agenda de estudos para seu filho. Esse é um grande estímulo a produtividade e faz com que o dia renda mais, já que estará dividido entre diferentes atividades e intervalos para lazer.

Porém, não exija que ele passe várias horas seguidas estudando. O cansaço mental pode abaixar a motivação e trazer resultados negativos, já que o estudo será visto como uma obrigação penosa e difícil de lidar. 

3. Defina um local adequado para as leituras

Procure criar um ambiente adequado para seu filho estudar em casa. O espaço deve ser arejado, com uma temperatura agradável, silencioso e, sempre que possível, com um bom aproveitamento da luz natural.

Deixe por perto todos os materiais que ele possa precisar durante os estudos. Assim, ele evita se levantar o tempo todo e não perde o foco. A cadeira e a mesa utilizadas também devem ser confortáveis e ergonômicas, para que ele não se sinta incomodado durante o período em que deve estudar. Com todos esses detalhes devidamente ajustados, é provável que ele nem veja o tempo passar e comece a gostar muito mais do que está fazendo. 

4. Confira as lições prontas e elogie seu filho

Tente se manter sempre presente durante os estudos de seu filho. Confira as lições prontas e, sempre que ele fizer um bom trabalho, não poupe elogios. Caso algo esteja errado, critique de forma construtiva.

O ideal é ser capaz de apontar melhorias, para que ele entenda seu potencial e enxergue outras possibilidades de realizar suas atividades. Se você perceber que ele está muito entediado ou faz as coisas de qualquer jeito, opte pelo diálogo e explique a importância dessa iniciativa para seu presente e para seu futuro também.

De fato, ajustes simples podem ajudar seu filho a estudar em casa de maneira motivada e produtiva. Aqui, a paciência deve vir sempre em primeiro lugar, mas aos poucos você perceberá que ele desenvolverá total autonomia e satisfação para investir nessa rotina diária. 

Essas dicas foram úteis para você? Compartilhe este post em suas redes sociais para que mais pais possam se inspirar e incentivar os filhos!

Adicionar comentário