Receba dicas grátis!

Veja 5 tipos de pincel de pintura para artesanato

Se manter inspirado e usar a criatividade são coisas indispensáveis para qualquer artista. No entanto, trabalhar com artesanato também requer materiais de qualidade para um bom resultado. 

Por este motivo, é muito importante conhecer bem quais são os tipos de pincel de pintura disponíveis no mercado. Assim, a escolha será adequada de acordo com o tipo de produção, para um efeito preciso e bonito. 

Que tal descobrir o que cada um deles tem de especial e quais são suas funcionalidades e aplicações? Confira a lista que preparamos a seguir!

1. Use o pincel chanfrado para acabamentos e desenhos de flores

O pincel de pintura chanfrado é muito utilizado em vários tipos de artesanato. Isso porque é perfeito para acabamentos como sombreados, flores e folhas. 

Além disso, apresenta um ótimo resultado em madeira, telas e cerâmicas, assim como outras superfícies que permitam um bom deslizamento. As melhores tintas para aplicação com ele são as acrílicas, PVA, cerâmicas e vernizes. 

2. Escolha o pincel de pintura redondo para decorações elaboradas

Uma decoração delicada e elaborada requer um pincel redondo, que pode ser mais cheio ou mais fino. Ideal para aquarelas e detalhes, pode ser usado em tecidos, madeira, biscuit, papel e muito mais. 

Em relação as tintas, a melhor aderência fica com aquelas que são acrílicas, em óleo, para tecido ou a base d’água. Use sempre com a mão leve, para que as cerdas não se abram. 

3. Opte pelo pincel chato para superfícies lisas e em tamanho maior

O pincel de pintura chato é a melhor opção para pinturas em superfícies maiores e acabamentos. Tem um efeito bonito em madeira, cerâmica, gesso e papel, mas é o preferido dos artistas que trabalham com tela. 

As tintas ideais para ele são a base d’água ou a base de solventes. Ele também conta com o formato curto e com o formato longo, que você escolhe de acordo com o desenho que quer preencher. 

4. Utilize o pincel língua de gato em pinturas ilustrativas e delicadas

O pincel língua de gato é indicado para pinturas ilustrativas. Ele se parece com o pincel chato, porém tem a ponta um pouco mais arredondada, que permite contornos e detalhes.

Seu uso é mais apropriado em telas, madeira e cerâmica, com tinta acrílica, base de óleo ou a base de água. Quanto mais delicada a pincelada, mais mobilidade em relação ao traço o artista tem. 

5. Invista no pincel leque para efeitos diferenciados e volumosos

O pincel leque, como o próprio nome diz, tem as cerdas bem abertas. Sendo assim, faz acabamentos em desenhos maiores, assim com o preenchimento em pinturas ou efeitos mais volumosos. 

Funciona melhor com tinta à base d’água. Mas as superfícies em que pode ser utilizado incluem madeira, cerâmica, gesso, tela, biscuit e papel. Ou seja, são muitas possibilidades, não é mesmo?

Depois de conhecer todas essas variedades de pincel de pintura, é hora de renovar seu estoque de materiais artísticos e soltar a criatividade. Com a prática, logo, logo você descobrirá seus favoritos!

Quer acessar mais dicas como essas e incrementar suas produções? Siga nossas páginas no Instagram e no Facebook e inspire-se!

Adicionar comentário